sábado, 29 de outubro de 2011

Amigo cadê você?

Já publiquei este artigo, mas resolvi reeditá-lo, vejamos:
Outro dia escutei alguém dizer "amigo de verdade é coisa rara", então comecei a pensar sobre isso e infelizmente tive que concordar. O que é ser amigo? Esta palavra é intrigante, Amigo. 
O amigo pode ser raro mais ele existe; amigo é difícil de achar ou conquistar, mas existe. O número daqueles que se classificam como amigos é tão pequeno que as vezes chegamos a pensar que eles não existem; mas porque será?
Me parece que nesses dias em que vivemos alguns fatores contribuem para a raridade dos amigos, pois o Apostolo Paulo, com uma visão escatológica afirma em sua segunda carta a Timóteo "Sabe, porém, isto: que nos últimos dias sobrevirão tempos trabalhosos, porque haverá homens amantes de si mesmos, avarentos, presunçosos, soberbos, blasfemos, desobedientes a pais e mães, ingratos, profanos, sem afeto natural, irreconciliáveis, caluniadores, incontinentes, cruéis, sem amor para com os bons, traidores, obstinados, orgulhosos, mais amigos dos deleites do que amigos de Deus, tendo aparência de piedade, mas negando a eficácia dela. Destes afasta-te..." (II Tm 3. 1-5).
Vivemos em dias difíceis em que o certo parece errado, os interesses próprios se destacam em detrimento ao interesses dos outros, ninguém se importa com niguém, como já diz o famoso ditado "cada um por si e Deus por todos". 
Amigo de verdade existe, mas tem que ser achado e quando for achado deve ser guardado debaixo de sete chaves, bem dentro do coração, como diz a canção de Milton Nascimento. 
Para achar esse amigo devemos nos orientar através de um "mapa", uma "Bússola", ou seja, precisamos de um "norte". Portanto, vejamos algumas características, que, ao mer ver, nos apontam o verdadeiro amigo:
- o amigo é aquele que você gosta de compartilhar seus segredos, suas dúvidas, seus medos;
- o amigo é o seu conselheiro nato, diz a verdade, pois quer seu bem;
- o amigo não te abandona nunca, mesmo quando outros já te abandonaram;
- o amigo te aceita pelo que você é e não pelo que voce tem;
- o amigo mesmo distante fisicamente, esta perto;
- o amigo é aquele que sente saudades de você e não perde a oportunidade de estar junto;
- o amigo te respeita e te aceita mesmo com os seus defeitos, pois os defeitos se tornam tão insignificantes diante do que ele enxerga em você, muitas virtudes;
- o amigo ama você e usa as coisas, os outros te usam e amam as coisas;
- o amigo não trai, não te troca por posição, status, promessas, favorecimento próprio, etc;
- o amigo é grato e nunca se esquece de tudo que fizemos, ou foi feito, por ele. 
Enfim, eu poderia aqui descrever mais algumas características, mas creio que essas são suficientes. 
Na verdade o problema é que precisamos de amigos, verdadeiros amigos, pois eles nos fazem bem, são importantes, mas tenhamos cuidado, pois os falsos amigos nos trazem muitos males e tristezas.
Voce poderia estar pensando "só Jesus é o verdadeiro amigo", concordo, mas até Jesus teve amigos. Chamava os seus discipulos de amigos, embora um deles o traiu e recebeu o premio que um traidor deve receber, mas a verdade é que precisamos de amigos, pessoas como nós, pois somos seres gregários. 
Encontramos amigos em nossa intimidade, como por exemplo nossos pais, nossa esposa ou esposo, nossos filhos, parentes e pessoas que encontramos por este caminho, pois como disse o sábio salomão "há amigos mais chegado do que um irmão", mas precisamos de amigos. Que Deus nos abençõe!


Pr Pedro Pereira

Um comentário:

  1. é isso aí pr.
    concordo contigo.
    a paz, Deus abençoe.
    abrçs

    ResponderExcluir